Informação sobre caxumba, causas, sintomas e tratamento da caxumba, identificando formas de a diagnosticar.


Situações em que se deve adiar a vacinação contra a caxumba (vacina MMR)

Até três meses após o tratamento com imunossupressores ou com corticóide em dose alta (equivalente a prednisona na dose de 2 mg/kg/dia ou mais para crianças, ou de 20 mg/kg/dia ou mais para adultos por mais de duas semanas);
Administração simultânea ou de pelo menos até três meses após o uso de imunoglobulina ou sangue e derivados, devido à possibilidade de neutralização do vírus vacinal pelos anticorpos presentes nesses produtos;
Durante a evolução de doenças agudas febris graves, sobretudo para que seus sinais e sintomas não sejam atribuídos ou confundidos com possíveis eventos adversos.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL