Informação sobre caxumba, causas, sintomas e tratamento da caxumba, identificando formas de a diagnosticar.


Características clínicas de caxumba

O período de incubação da caxumba é de 7 a 18 dias (variando de 14 a 25 dias).
Os sintomas prodrômicos não são específicos e incluem mialgia, anorexia, mal estar, cefaléia, e febre baixa.
A parotidite é a manifestação mais comum e ocorre em 30% a 40% das pessoas infetadas. A parotidite pode ser unilateral ou bilateral e qualquer combinação de glândulas salivares única ou múltipla pode ser afetada. A parotidite tende a ocorrer dentro dos primeiros 2 dias e pode primeiramente ser notada como dor de ouvido e tumefação na palpação do ângulo do maxilar. Os sintomas tendem a diminuir após 1 semana e desaparecem normalmente em 10 dias.
Cerca de 20% das infecções por caxumba são assintomáticas. Um adicional de 40% a 50% podem ter apenas sintomas inespecíficos ou respiratórios primários.


Tratamento para a caxumba

Não existe tratamento para a própria caxumba, mas analgésicos apropriados à idade, tais como paracetamol ou ibuprofeno podem ajudar a aliviar alguns dos sintomas.
Uma compressa fria, como uma flanela húmida, pode ajudar a aliviar um pouco a dor das glândulas inchadas.
Descansar e beber muitos líquidos podem ser aconselhados, bem como ingestão de alimentos como sopa, que não precisa de ser mastigada.

Procure aconselhamento médico se suspeitar de caxumba. As autoridades de saúde pública precisam de conhecer os casos de caxumba, para que possam promover medidas que ajudem a parar a propagação da infecção na restante população.

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL